Livro: A Costureira
Titulo Original: The Dressmaker
Autor (a): Kate Alcott
Páginas: 376
Editora: Geração Editorial

Sinopse: Uma jovem ambiciosa e uma estilista célebre sobrevivem ao maior naufrágio da História, mas são arrastadas pelo turbilhão de escândalos que se segue à tragédia. Tess Collins, uma jovem inglesa que sonha ser mais que uma empregada e ver reconhecido o seu talento para a alta costura, consegue emprego com a famosa estilista Lady Duff Gordon a bordo do Titanic, que ruma para os Estados Unidos. Porém, a viagem que se iniciou de forma tão auspiciosa acaba se tornando a maior tragédia marítima de todos os tempos. Tess e Lady Duff sobrevivem, a primeira para viver as aflições do amor e as chances de ascensão social, a segunda para se ver envolvida nos escândalos do inquérito sobre o terrível desastre naval. Com um pano de fundo histórico, mas sob um ângulo inédito, este soberbo romance acompanha a trajetória dessas duas mulheres apaixonadas pela linha e agulha, tão parecidas e tão diferentes, deleitando-nos com um retrato emocionante de uma época conturbada e de uma sociedade dividida. Tess simboliza a modernidade livre de preconceitos de classe e rica em oportunidades, enquanto Lady Duff representa a decadente Belle Époque, um mundo de glamour e privilégio com os dias contados, assaltado pelas contestações sociais, indústria de massa incipiente e pressões da mídia.

      A trama se inicia com Tess Collins, uma jovem que está cansada de trabalhar como uma empregada doméstica. Tess sempre foi corajosa, porém, quando parte em busca de um emprego no maior navio do mundo, que irá atracar do porto naquele mesmo dia, encontra muito mais do que jamais ousou imaginar: ela acaba como ajudante pessoal de Lady Lucile Duff-Gordon, uma riquíssima e famosa estilista. O sonho de Tess sempre foi criar suas próprias roupas e vestidos, e ela não vê como poderia estar mais contente.
     A cada dia Tess descobre um pouco mais sobre o luxuoso mundo de Lucile, e se vê fascinada por ele. Lá, ela conhece o simpático milionário, Jack Brementon, e se vê atraída pela bondade e simplicidade do homem. Também faz amizade com Jim, um jovem – assim como ela –, que está indo para a América em busca de uma vida melhor, e a ligação deles é instantânea. Tudo é rompido drasticamente, entretanto, quando um dos maiores acidentes da história ocorre; resultado do impacto de uma batida com um iceberg, o Titanic afunda, e o inferno se instala: entre o desespero para saírem vivos, os Duff Gordon são suspeitos de subornar marinheiros para não voltarem e buscarem sobreviventes, depois de conseguirem escapar em um bote salva vidas com muitos lugares vagos. Quando todos os sobreviventes chegam a Nova York, um inquérito é aberto e a imprensa caí faminta em cima dos Duff Gordon: afinal, qual o motivo de eles não salvarem ninguém quando havia a possibilidade?

     A história se desenvolve a partir daí, e a autora consegue descrever brilhantemente cenas com a dose certa de emoção, sem deixá-las exageradas. Ler o momento que o Titanic afundou pelos olhos de Tess foi atormentador, e muito real. A narração, ao longo do livro inteiro, é impecável, e muito bem descrita. É fácil de deixar envolver no mundo do século XIX, tão diferente do nosso, mas em certos aspectos tão igual.
    Tess é uma personagem destemida, e gostei de como ela demonstrava sua ambição ao longo do livro e defendia o que achava correto. Essa característica, no entanto, foi também um dos defeitos da protagonista, já que a ingenuidade dela é, em muitos momentos, frustrante. Ela coloca seus empregadores em um pedestal, e demora muito tempo para perceber que pode haver fatos de que ela não tomou conhecimento e que as coisas não são perfeitas só por serem belas. 
    Algo emocionante sobre o enredo como um todo é que é baseado em personagens que realmente existiram. No final da história a autora a explica um pouco da história, e é incrível como vemos o que as pessoas fazem para sobreviver, pensando apenas em si mesmas. Os personagens secundários são bem desenvolvidos, apesar de que a única personagem que realmente gostei foi Pinky: uma jornalista independente, que representa muito bem o espírito inovador da época, quando as mulheres estavam começando a lutar – e a conseguir – os direitos que lhes eram merecidos. 
    A costureira é uma leitura rápida, mas nem por isso não deixa de ser emocionante e envolvente. O ângulo que a autora resolveu abordar foi inovador, sob o ponto de vista dos sobreviventes. A Geração Editorial caprichou com o design e a diagramação, com muita originalidade e beleza. 

Melhor quote: 
"O navio estava agora quase perpendicular ao céu noturno estrelado, uma linha vertical, pairando como uma bailarina na ponta da sapatilha. As luzes das cabines e dos deques ainda estavam acesas, e um estranho brilho verde das luzes da parte submersa do navio iluminaram o mar escuro. Era, estranhamente, uma bela visão."


  


19 Comentários

  1. Muito desejado esse livro, ainda mais com essa história! Quem nunca viu os filmes ou as histórias? Eu adorei quando vi o lançamento do livro e pelo que já conferi vale a pena mesmo essa leitura.

    ResponderExcluir
  2. Sempre gosto das sinopses de livros assim, mas sempre acabo não lendo...

    ResponderExcluir
  3. As cenas de emoção deve ser as melhores! Gosto de ficar imaginando como foi para as pessoas que estavam em tragedias como a do Titanic, e acho que seria legal ver isso do ponto de vista da autora ^^

    Gostei da resenha

    ResponderExcluir
  4. Sempre acho interessante livros baseados em fatos reais e esse não é diferente. O livro parece emocionante, espero lê-lo logo.

    ResponderExcluir
  5. Estou completamente in loveeee com este livro, a capa dispensa comentários de tão perfeita e todo blog que eu li a resenha falam que a diagramação é impecável e a história é de tirar o fôlego no momento é o meu livro favorito ;)

    ResponderExcluir
  6. Ola, não conhecia este livro,
    Mas quando o vi, me encantei pela capa
    E depois que li sua resenha, me apaixonei.
    Adoreii
    bjs

    http://loveebookss.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. O livros atrai nossa atenção pela capa e ler sua resenha nos faz viajar nessa história que ao longo dos anos sempre foi uma discussão, ainda mais esse ponto dos botes que ficaram quase vazios e por isso mais pessoas morreram!!! Adorei sua resenha!!!!

    ResponderExcluir
  8. TODOS recomendando este livro. Estou simplesmente tento um ataque, preciso lê-lo!
    Sua resenha instigou ainda mais.
    Te espero no meu blog.
    http://www.desatando-nos.com/

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Ah essa capa é linda, linda!
    Só vejo resenha positivas a respeito desse livro, e isso vai aumentando a mina vontade de ler o livro. Sua resenha está ótima, adoro livros que tem como "fundo" esses acontecimentos marcantes, imaginar tudo, a emoção dos personagens deve ser muito bom!!

    Beijos, Tahis!
    lovesbooksandcupcakes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Sua resenha está maravilhosa.
    Mesmo com a capa linda, ainda não tenho BASTANTE vontade de ler o livro já que ele não faz muito o meu estilo. Porém, parece trazer uma história bem instigante.

    ResponderExcluir
  11. A resenha esta ótima é a segunda de leio dese livro e minha vontade de ler ele só aumentou achei muito interessante a historia que o livro parece contar e sem dizer que quando vi que as duas personagens eram sobreviventes do Titanic minha vontade de ler aumentou ainda mais.

    ResponderExcluir
  12. Estava bem curiosa para ler A costureira porque gostei da capa e depois de saber que o livro era como se fosse uma "extensão" da história do Titanic, fiquei mais curiosa ainda! A história parece ser muito legal e estou com muita ansiedade em poder lê-la.

    Beeijos,
    iSteh

    ResponderExcluir
  13. Gostei da estória ter um dos ambientes o Titanic, foi uma boa jogada da autora ter usado ele. Espero que ele seja tão bom quanto parece ser e espero que eu tenha a oportunidade de conferir, pois acho que vale a pena.

    ResponderExcluir
  14. A primeira vez que li a sinopse, não tinha me interessado mto pelo livro. Mas li diversas resenhas positivas, então estou bastante curiosa sobre a história.
    Achei interessante o livro retratar a tragédia do Titanic pelo ponto de vista dos sobreviventes.
    Ah e a capa é linda!

    ResponderExcluir
  15. Adorei esse livro, está na minha listinha!
    Ana.

    ResponderExcluir
  16. Na primeira vez que li que essa trama tinha relação com o Titanic, fiquei um pouco desanimada.
    Mas depois de ler algumas resenhas, pude perceber que a ótica usada pela autora é diferente, então fiquei bem curiosa, :)

    ResponderExcluir
  17. Estou babando por este livro faz um tempo já. Vou comprar em breve, espero, ao menos :)

    ótimas recomendações de vários amigos e é bom saber que a leitura não está sendo decepcionante para ninguém que conheço. ACho que vale a pena.

    ResponderExcluir
  18. Adoro leituras deste tipo, estou super ansiosa para ler o livro. Gostei bastante do tema que o livro aborda! estou super curiosa para lê-lo.

    ResponderExcluir
  19. Bom, para começar, eu nem sabia que o livro era sobre o naufrágio do Titanic! Eu gostei da capa, mas como odeio sinopses, não me dei ao trabalho de ler. Mas agora eu necessito este livro D=
    E, bom, sempre que pego um livro que passou por uma cuidadosa edição e diagramação, parece que os planetas se alinham e tudo vale a pena. Esse livro tem tudo para ser ótimo!

    Todos a ler galera! http://portugues.free-ebooks.net/ebook/A-Costureira
    (de nada! :P)

    ResponderExcluir

.